Seminário de Educação e Diversidade é traduzido em Língua de Sinais pela Central de Intérpretes de Parobé

Por / 3 anos atrás / Geral / Nenhum Comentário
Divulgação Prefeitura de Capão da Canoa

Divulgação Prefeitura de Capão da Canoa

Na terça-feira (24), o Centro de Direitos Humanos de Parobé, participou por meio da Central de Intérpretes de Libras (CIL), do Seminário de Educação e Diversidade em Capão da Canoa. O CIL realizou a tradução da Língua Brasileira de Sinais.

O seminário contou com palestras que abrangem as mais diversas temáticas relacionadas à inclusão e diversidade, com profissionais reconhecidos do meio acadêmico.

O convite para participar do evento, se deu durante a inauguração do Centro de Direitos Humanos, no mês de dezembro, quando profissionais da área, da cidade de Capão da Canoa, destacaram as dificuldades em contratar pessoas qualificadas e as barreiras financeiras que os municípios enfrentam na busca, sendo que já no primeiro contato, demonstraram interesse e reafirmaram a importância do profissional de interpretação e tradução.

A CIL de Parobé surgiu com o objetivo de dar continuidade à política de ampliação da acessibilidade e melhoria na prestação dos serviços públicos às pessoas com deficiência. A iniciativa surgiu através de parceria entre a Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República e Governo do Estado via FADERS (Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para PcD e PcAH no RS).

A Central disponibiliza intérpretes treinados e habilitados para a interpretação e tradução da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) em seminários, palestras, audiências, entre outros, promovendo a quebra da barreira comunicacional da pessoa surda, permitindo um melhor acesso aos serviços públicos em geral.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados. *