Reunião discute ações do RPPS

Por / 3 anos atrás / Geral / Nenhum Comentário
Zanatta respondeu as perguntas dos educadores

Zanatta respondeu as perguntas dos educadores

Debate aconteceu na Câmara de Vereadores de Parobé

 

A Câmara de Vereadores de Parobé sediou na tarde de terça-feira (07), uma reunião para esclarecimentos sobre o Regime Próprio de Previdência (RPPS). Professores da rede municipal de ensino estiveram presentes no evento, onde o secretário da Fazenda do município, Alderi Zanatta, respondeu aos questionamentos dos educadores.

A iniciativa ocorreu a partir de um pedido feito pelos vereadores Lindemar Hartz (PMDB) e Altair Machado (PTB), que trouxeram à Casa Legislativa diversos requerimentos solicitando explicações a respeito de gastos e débitos que estariam sendo feitos com os valores destinados ao Fundo de Previdência Social.

Todos os vereadores compareceram e também questionaram o secretário da pasta, que explicou as dificuldades enfrentadas pelo Poder Executivo para garantir que todos os servidores de cargos efetivos tenham seus direitos assegurados na previdência municipal.

Conforme Zanatta é preciso esclarecer aos servidores e também ao Legislativo a falta do recolhimento das contribuições relativas aos meses de Julho, Agosto e Setembro, valores que serão parcelados até o final do exercício de 2014. “Temos um débito previdenciário de mais de um milhão de reais pela falta de repasses dos anos de 2011 e 2012, então é preciso muito planejamento para colocar em dia estes valores”, explicou o secretário.

Segundo o vereador peemedebista, é interessante que haja a participação dos interessados no plano previdenciário do município. “Acredito que a partir de agora tudo tenha ficado esclarecido. De fato as dificuldades existem, há repasses em atrasos, porém o secretário não nos omitiu e nos confirmou que isso será solucionado para garantir os direitos dos servidores”, comentou Hartz.

Para o chefe da Casa Legislativa, Diego Picucha (PDT), é importante que o Executivo esclareça as dúvidas dos servidores para que não haja mais dúvidas nem boatos de má fé envolvendo os membros do Conselho do RPPS. “Somos vereadores e temos o dever de fiscalizar, por isso convocamos o secretário para que fizesse esta explanação sobre o RPPS. Queremos saber o que está acontecendo com os repasses, que são assegurados por Lei. A Câmara é a casa do povo, por isso abrimos as portas para que isso fosse realizado da maneira mais organizada possível”, afirmou o presidente.

Entre os benefícios assegurados com o RPPS estão o auxílio-doença, auxílio reclusão (aos dependentes), salário família (aos dependentes), salário maternidade, além de aposentadorias e pensões (aos dependentes).

Professores questionaram secretário sobre repasses e ações do conselho do RPPS

Professores questionaram secretário sobre repasses e ações do conselho do RPPS

 

Foto: Eduarda Rocha/Divulgação

 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados. *