Progressistas articulam candidatura que poderá unir o Paranhana

Por / 4 anos atrás / Polícia / Nenhum Comentário

DELMAR-BACKES-IMPRENSA1-300x228

Com o Plenarinho da Câmara Igrejinhense praticamente lotado de líderes de vários municípios da região, o Partido Progressista deu mais um grande passo na noite da última quinta-feira (09) rumo a viabilização de uma candidatura a deputado Estadual, com um nome que poderá agregar apoios vindos de vários outros partidos que hoje formam um grupo de oposição no estado.

Promovido pela Coordenadoria Regional do PP, o encontro teve como objetivo principal o debate em torno da candidatura tão aguardada por todos, do diretor-geral das Faculdades Integradas de Taquara, a FACCAT, professor Delmar Henrique Backes, que é filiado há mais de três décadas ao PP e que vem neste período contribuindo de maneira voluntária com a região, sendo pela área da educação onde exerce sua profissão ou pelo COREDE, onde atua como presidente regional, além de ocupar o cargo de primeiro secretário do Fórum dos COREDES do RS.

Na oportunidade o partido oficializou o apoio total de todos os seus diretórios municipais, a candidatura de Backes, que ouviu atentamente de cada líder municipal, o desejo de que sua candidatura se concretize. “Será a oportunidade do Vale do Paranhana voltar a ter um representante que lute por nós lá na assembleia. O Delmar é preparado e a gente confia nele”, disse o recentemente eleito presidente da Câmara de Vereadores de Rolante, vereador Renato Wesz. Já o prefeito de Igrejinha, Joel Wilhems lamentou que há mais de duas décadas o Paranhana não elege um deputado, referindo-se ao momento como perfeito para retomarmos esse espaço.

Em seu pronunciamento, Delmar fez um retrospecto de seu envolvimento político desde os tempos em que morava em Santa Cruz do Sul até os dias de hoje. Disse ainda se sentir feliz por ter conseguido contribuir com a região ao longos destes anos, mesmo sem nunca ter concorrido, listando algumas conquistas que intermediou pessoalmente como presidente do COREDE. No entanto, admitiu que o Paranhana poderá obter bons frutos com a eleição de um representante para atuar junto ao governo do Estado.

Antes de encerrar sua fala, Delmar agradeceu o convite e pediu alguns dias para responder ao partido, pois segundo ele, duas situações de cunho pessoal ainda precisam ser superadas. Ficou acordado que essa resposta será dada aos progressistas na segunda semana de fevereiro, em encontro que deverá ocorrer na cidade de Parobé. Mesmo ainda sem a confirmação oficial, o PP já trabalha, nos bastidores, para viabilizar a estrutura e os apoios necessários para a campanha. O clima entre os progressistas é de otimismo geral.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados. *